segunda-feira, junho 26, 2006

Penne com Atum


Penne com Atum
Originally uploaded by Receita do Dia.
Ingredientes para duas pessoas:
1 lata de atum em água
1 lata de tomates pelados
1/2 cebola bem picadinha
1 dente de alho amassado
1 colher de sopa de azeite de oliva
molho de pimenta (ou tabasco) a gosto
sal a gosto
azeitonas pretas picadas
1/2 pacote de penne

Como fazer:
1. Ponha uma panela com água a ferver para a massa.
2. Numa frigideira grande, coloque o azeite e a cebola e deixe murchar até que a cebola fique transparente. Adicione o alho e mexa mais um pouco.
3. Junte a lata inteira de tomates pelados e vá picando grosseiramente com a colher de pau enquanto mexe. Deixe ferver por uns 2 minutos.
4. Junte o atum escorrido, o molho de pimenta e as azeitonas. Se gostar de ver os pedacinhos de atum, não mexa muito. Prove o sal.
5. Quando a água ferver, junte sal, a massa e cozinhe pelo tempo determinado no pacote. Pessoalmente, prefiro a massa mais al dente, então fico de olho para não passar do ponto.
6. Escorra bem a massa, junte-a ao molho, dê umas mexidas no fogo para aquecer bem e sirva imediatamente.

Picanha na Cerveja

Ingredientes:
1 peça de picanha (mais ou menos 1 kg)
1/2 lata de cerveja
1 cebola grande cortada ao meio, depois em rodelas grossas
1 cabeça (pequena) de alho cortada ao meio, com casca e tudo
grãos de pimenta branca quebrados na hora
sal

Como fazer:
1. Com uma faca afiada, faça cortes na gordura da carne, marcando uns losangos.
2. Salgue a picanha, coloque em uma travessa de vidro, jogue por cima as cebolas, a pimenta, o alho e a cerveja.
3. Deixe marinar por umas duas horas, pelo menos.
4. Aqueça uma forma ou frigideira bem grande na boca mais forte de seu fogão. Coloque a picanha com a gordura para baixo e deixe dourar rapidamente em fogo alto. Vire a carne para selar o outro lado.
5. Na mesma forma ou num pyrex, coloque a picanha e derrame por cima o caldo da marinada. Cubra bem com papel alumínio e leve ao forno alto, preaquecido, por aproximadamente uma hora.
6. Retire a carne e corte-a em fatias ainda quente. Se quiser usar o molho que ficou na forma, tenha o cuidado de retirar um pouco da gordura que se formou.

quinta-feira, junho 22, 2006

Sopa Aveludada de Abóbora

Ingredientes:
um pedaço de abóbora (usei mais ou menos 800g)
1 dente de alho picado
1 colher de sopa de azeite de oliva
molho de pimenta ou tabasco
1 pote de iogurte natural (200g)
sal
água
cebolinha verde (daquela bem fininha), cortada em pedaços de 1 cm.

Como fazer:
1. Corte a abóbora em fatias, para ficar mais fácil de tirar a casca. Corte em cubos.
2. Leve uma panela o fogo com o azeite e o alho e refogue um pouquinho, sem deixar dourar demais.
3. Junte a abóbora e mais ou menos uma xícara de água só para ajudar no cozimento. Adicione sal a gosto e deixe em fogo brando até a abóbora ficar macia.
4. Pingue o molho de pimenta e desligue.
5. No copo do liquidificador, bata a abóbora cozida com o iogurte.
6. Sirva imediatamente, polvilhada com cebolinha verde.

Dicas:
Rende mais ou menos 1 litro, mas você pode diminuir ou aumentar a receita a gosto.

As medidas são aproximadas mesmo, o lance é experimentar.

terça-feira, junho 20, 2006

Nega Maluca da Yuli


Nega Maluca
Originally uploaded by Receita do Dia.
Ingredientes:

3 xícaras de trigo
2 xícaras de açúcar
1 xícara de chocolate em pó
3 ovos
1 xícara de óleo
1 xícara de água fervendo
3 colherinhas (de café) de fermento em pó

Para a cobertura:
1 lata de leite condensado
3 colheres (de sopa) de chocolate em pó


chocolate granulado para polvilhar
margarina para untar a forma

Como fazer:
1. Unte uma forma com margarina e jogue um pouco de trigo por cima. Vá virando a forma para polvilhar o trigo por igual. Jogue fora o excesso.
2. Ligue o forno em fogo baixo para ir aquecendo enquanto você prepara a massa.
3. Em uma tigela misture os ingredientes secos: o trigo, o açúcar e o chocolate em pó. Misture bem para não ficar nenhuma pedrinha de açúcar ou chocolate. Se preferir, pode peneirar os ingredientes para a massa ficar mais levinha ainda.
4. Coloque uma xícara de água para ferver.
3. Bata os três ovos com um garfo, só para juntar a clara e a gema e misture aos ingredientes secos, em seguida misture o óleo. Use uma colher de pau nessa hora, pois a massa vai estar um pouco difícil de mexer.
4. Quando a água estiver fervendo coloque-a na massa com cuidado, mexendo bem devagar até que fique uma mistura homogênea.
5. Acrescente o fermento e mexa bem. Despeje a massa na forma e leve ao forno que já está aquecido. Aumente a temperatura do forno.
6. A massa leva em torno de 20 a 30 minutos para ficar pronta. Espete um palito e se ele sair sequinho pode tirá-la do forno.

Para fazer a cobertura:
1. Despeje a lata de leite condensado numa panela, acrescente o chocolate em pó (é interessante peneirá-lo pra não ficar cheio de bolotinhas) e leve ao fogo. Mexa sempre e desligue antes que fique em ponto de brigadeiro.
2. Fure a massa com um garfo e despeja a cobertura por cima. Por fim, jogue um pouco de chocolate granulado.

segunda-feira, junho 19, 2006

Meu Arroz com Aletria

Ingredientes:
2 xícaras de arroz lavado e escorrido
4 ninhos de macarrão cabelo de anjo quebrados
1 colher de sopa de manteiga
1 colher de sopa de azeite
1 tablete de caldo de galinha ou de legumes
1 pitada de sal
5 a 6 xícaras de água quente

Como fazer:
1. Numa panela, derreta a manteiga com o azeite e frite ali o cabelinho de anjo até que escureça bem. Precisa mexer pra não queimar demais.
2. Quando o macarrão estiver bem marronzinho, junte o arroz e o caldo de galinha esmigalhado e refogue por mais um minuto.
3. Junte a água quente e deixe em fogo baixo até secar.

Dicas:
- A receita original leva alho. Como não tinha em casa, substituí pelo caldo de galinha e ficou gostoso.
- Se quiser, na hora de servir pode salpicar com canela ou pimenta síria.

terça-feira, junho 13, 2006

Macaxeira da Preguiça

Ingredientes:
aipim/ mandioca/ macaxeira (o quanto quiser)
água
sal
manteiga de garrafa

Como fazer:
1. Compre a raiz já limpinha na feira, se estiver com preguiça de descascar ;). Segundo minha mãe, que é expert em aipim com bacon, a melhor época é nos meses que não têm a letra R (maio, junho, julho e agosto).
2. Coloque a mandioca na panela, cubra com água e leve ao fogo. Não coloque sal ainda!
3. O segredo da minha mãe é só colocar o sal quando a mandioca estiver quase cozida, já abertinha.
4. O tempo de cozimento varia muito muito. Precisa espetar e provar.
5. Só escorra na hora de servir, assim ela fica quentinha e macia.
6. Respingue manteiga de garrafa e coma como acompanhamento de carne assada de panela ou um bifinho acebolado.

Primeira Materialização Dadivosística

Criada em 2002, pelo Júlio, essa ilustra vai entrar no layout novo do Receita do Dia...

Gostou? Então veja mais ilustras do Júlio:
http://www.illustralounge.net

sexta-feira, junho 02, 2006

Brigadeiro da Yuli

É um brigadeiro diferente, fica um pouco menos doce e tem o sabor do chocolate mais acentuado.

Foi minha irmã Juliana (a Yuli, para os muito íntimos) quem me ensinou.

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
1/2 xícara de achocolatado em pó

Chocolate granulado (opcional)
Forminhas de docinho (opcional)

Como fazer:
1. Retire o soro do creme de leite. Para fazer isso, abra a lata, passe uma faca entre o creme e a parede da lata e incline-a para deixar escorrer aquela agüinha branca.
2. Ponha numa panela o creme de leite, o leite condensado e o achocolatado. Leve ao fogo baixo e mexa sem parar com uma colher de pau.
3. Como a receita é um pouco mais molinha, vai demorar mais do que o brigadeiro normal para chegar no ponto. Para quem nunca fez brigadeiro, ou tem pouca prática, o ponto desse doce é quando ele desgruda do fundo da panela.
4. Quando atingir o ponto, desligue o fogo. Você pode comer direto da panela, quente ou frio, que é sempre gostoso.

Dicas:
- Se quiser enrolar os docinhos, minha dica é deixar a "massa" do brigadeiro um pouco no freezer.
- Para a massa não grudar na mão, você deve mantê-las untadas com margarina, ou molhadas em água.
- É possível enrolar os brigadeiros, passar no chocolate granulado e botar nas forminhas sem ajuda de ninguém, mas não é muito recomendável. Sei lá, enrolar docinho pra mim sempre foi uma tarefa essencialmente festeira e coletiva ;)


P.S.: Yuli, vc tá me devendo a receita da nega-maluca
!!!!